Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

VIDEO CHAMADAS CHEGAM AO WHATSAPP

Recentemente, os usuários doWhatsApp foram surpreendidos com uma notícia incrível: o recurso dechamadas por vozestá liberado para todos os dispositivos equipados comAndroid. Essa função, que proporciona algumas mudanças na interface do aplicativo, permite realizar ligações sem custo para um contato da agenda, oferecendo uma alternativa para as tradicionais conversas de texto.
Essa era uma notícia bastante aguardada por todos, uma vez que a funcionalidade estava sendo distribuída aos poucos através de convites enviados aos usuários. Em fevereiro, os primeiros sortudos puderam testar o recurso; no mês seguinte, um novo pacote de convites foi distribuído e agora a “festa está liberada” para todo mundo. A “BOMBA”: videochamadas ao estilo “Skype”Porém, o motivo pelo qual essa matéria está sendo redigida é outro, mas igualmente surpreendente: o WhatsApp está implementando o recurso de videochamadas no mensageiro, funcionalidade que já está disponível para alguns usuários seletos e vai ser dis…

MÃO BIÔNICA COM CÓDIGO ABERTO PODE TORNAR PRÓTESES MAIS BARATAS

A empresa japonesa Exii lançou um projeto que pode iniciar uma revolução na produção de próteses em todo o mundo: um braço biônico com design e código-fonte disponíveis gratuitamente na internet. Além disso, para permitir que a tecnologia seja acessível para todos, é possível controlar e ajustar configurações do membro mecânico através de um aplicativo para smartphones. O fato de utilizar baterias de câmeras digitais para funcionar também pode deve seu uso mais barato. A maioria de suas peças podem ser feitas em impressoras 3D, o que permite também uma reposição mais rápida de peças crucias no funcionamento do prótese, por exemplo.


A transparência no processo de desenvolvimento é justamente o trunfo da Exxi, que pretende ganhar atenção da comunidade criadora e desenvolver todos os tipos de próteses com muito mais agilidade do que atualmente, estimulando também que outras empresas explorem o potencial do projeto HACKberry. O protótipo do vídeo custa em torno de US$ 300 para ser produzido, …